sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Gravando (ler com sotaque brazileiro)

Pois é, já está... Foi tudo muito engraçado e novo. Pensava que era diferente, mas não. É super simples, mas não deixei de ficar com o nervoso miudinho. Mas nem percebi muito bem porquê, é que afinal de contas só tina que dizer uma frase pequenina. Mas valeu, pela experiência e pela boa forma como fomos recebidos. O senhor da rádio Adorou e fartou-se de rir connosco e com o nosso à vontade. Disse que gostava de nos ter lá mais vezes e que iria fazer por isso. Foi engraçado. No meio disto tudo, só é pena eu odiar ouvir a minha voz na rádio, parece a coisinha mais estúpida que pode haver. Nem posso acreditar que a minha voz é assim, tão parvinha e tão irritante. É que a ser verdade, eu não sei como é que as pessoas me suportam e aturam. E já agora, para quem me quiser ouvir, a partir de dia 1 às 9h, 11h, 13h, 15h e 18h, sintonizem a Rádio Marcoense em 93.3 e ouçam a relíquia que lá está.

2 comentários:

  1. Parece-me normal. Sempre que ouço a minha voz também não gosto!

    ResponderEliminar
  2. Acho que quase toda a gente sente isso acerca da voz ;)

    ResponderEliminar

Pirouette Da Balé